segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

A gratidão e os estudos que provam que ela dá um boost na felicidade. Sabias? Está provado!

Estar-se grato é uma coisa que parece muito americana mas, na verdade, é uma cena muito humana.

Quando agradecemos e estamos genuinamente gratos, então parece que recebemos de volta mais e melhor. É possível que seja tudo uma questão de perspectiva [ou de universo] mas a verdade é que há estudos sérios que o provam.


Aqui ficam 3 pontos interessantes:

1. Qual é a forma que tens para rapidamente aumentares a tua felicidade? 
É dizeres, olhos nos olhos, a quem te diz muito, que lhe estás grat@. Á tua mãe que te fica com os filhos quando não podes, por exemplo. Mesmo que ela prevarique e lhes dê chocolates ou uma bolacha de chocolate dia sim, dia sim. Caramba, sem ela, quem é que te safava? 
Queres ir mais longe ainda? Então escreve-lhe uma carta a agradecer.
Queres ir ainda mais longe? :) Então pega nessa carta e lê-a. Olhos nos olhos.

2. No outro dia alguém perguntava, num grupo de mães, quem é que tinha maridos que ajudavam [mesmo!]na relação. Tens? Então diz-lhe que gostas disso. 'Não faz mais que a obrigação dele', pensas tu e estás certa. Mas é bom tê-lo ao teu lado, não é? Então diz-lhe! E se és homem e estás a ler isto, então diz-lhe. Tens vergonha? Envia-lhe este link e diz-lhe que pensaste nela :)

3. Já aderiste ao Gratidão num frasquinho? Que não seja pelo frasquinho! Pode ser um caderno [confesso: eu faço num caderno - e estou a fazer um com a minha filha]. O que é que tens de fazer?

ikea.pt
ikea.pt

Tens de escrever, sempre que te lembrares (e de preferência 2 ou 3 vezes por semana) os motivos pelos quais estás grat@. Coisas pequenas como teres estacionamento em frente à porta da escola dos teus filhos [sem ser em cima do passeio], teres conseguido cumprir as tarefas que tinhas agendadas para o teu dia, you name it. Escreve. Sim, escreve. É aí que está toda a diferença. No escrever.


Queres ler mais sobre gratidão? Clica aqui.

6 comentários:

  1. Pois bem...aqui vai...
    ...Obrigada Magda, porque apesar de eu ser psicóloga eu cometo muitas(e algumas graves) batotas cá em casa e...ler o que escreves faz me re-FOCAR e motiva-me a tentar (ups!), queria dizer a CONSEGUIR (isto em 2014 vai tomar novos rumos...tentar é boicotar, queremos acção)...melhorar a qualidade da minha vida!
    Beijinho GRANDE
    Raquel Regadas

    ResponderEliminar
  2. certo!!! ainda hoje vinha para o trabalho a pensar numa coisa que sou tão grata: detesto chuva e detesto andar à chuva!!! E neste momento ando de garagem a garagem!!! garagem de casa, garagem dos papás para deixar a princesa e garagem no trabalho!!! Quão bom é isto quando passo por tanta gente à chuva nas paragens (às vezes com carrinhos de bebés) e que tem de apanhar chuva na cabeça para usarem o guarda-chuva para os protegerem das pessoas que, sem educação não abrandam nos seus carros, ainda que isso signifique dar uma molha horrivel a quem está na pagarem... Sou mesmo grata!!!

    ResponderEliminar
  3. Estando já no desafio " O melhor do meu dia" parece-me um bom complemento! Estou grata pelas dicas que aqui vou lendo :)

    ResponderEliminar
  4. LIKE.... LIKE mesmo.... A minha Mãe merece tanto a minha gratidão......

    ResponderEliminar
  5. muito bom, fiquei pensando. depois volta e digo o que realmente penso sobre. Mas muito bom o blog

    ResponderEliminar
  6. Hoje encontrei um artigo que me fez lembrar o nosso desafio: http://www.collective-evolution.com/2014/01/10/10-simple-things-you-can-do-today-that-will-make-you-happier-backed-by-science/

    ResponderEliminar