quinta-feira, 6 de março de 2014

Março | Desliga-te | Do or do not. There is no try.





Dia 6 de Março é hoje. Juro que não dei conta do tempo ter voado desta forma.

Ontem dei por mim a olhar para o calendário, a apontar datas e a dizer-me 'este ano não consigo fazer isto e aquilo', com uma ponta grande de tristeza mas ciente que não consigo chegar a tudo.

O meu desejo não é, de todo, fazer mais. É fazer melhor e com maior impacto. Confesso que confundo, mais vezes do que o desejaria, as duas condições mas começo a perceber, devagarinho, onde e quando devo colocar o pé no travão. Este é mesmo o mês ideal para isso, não se chama-se ele o 'Desliga-te'.

Enquanto que a maior parte das pessoas irá desligar-se da TV, eu irei desligar-me da rede. 

Não vou deixar de postar mas preciso de concentrar-me no que quero mesmo fazer este ano, sob pena de andar a escrever sobre um desafio fazer acontecer 2014 e passar ao lado das minhas coisas. Ironico, não? Não é nada disso que eu quero. Eu quero fazer acontecer o meu 2014. 

Seja como for, vou querer continuar a inspirar-te. 
Vou deixar feedback que me vai chegando dos participantes, imagens e frases que nos enchem o coração.

Mas a verdade é esta: quando queremos muito uma coisa, arranjamos um jeito. Quando queremos mais ou menos, arranjamos justificações. Eu sei. Eu já fiz isto e continuo a fazer no que quero menos ou com menos força.

E é isso. 
Este mês preciso de desacelerar numas coisas, terminar outras e fazer acontecer o meu 2014.

Espero que me acompanhes. Espero que tenhas a força para te desligar do que não te acrescenta nada (TV, redes ou outros) e que faças o que tens de fazer para fazer acontecer o teu 2014.

Vemo-nos por aí e seguramente em Abril.

7 comentários:

  1. Grata pela sinceridade e realismo! Boa sorte

    ResponderEliminar
  2. Eu também estou a precisar do desligar, pois chegamos a Março e ainda não fiz acontecer coisas importante para a família em 2014. Levo tempo a tomar decisões...vemo-nos em Abril. E vou tentar desligar-me do que me tem ocupado... que precisa de um tempo de descanso para assim avançar no que planeamos e é importante para nós (no fundo cada um de nós sabe e reconhece as suas prioridades..)
    Tudo de bom:)

    http://osdiasdarita.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Também precisava desligar... Mas nem falo das redes, da tv...
    Força! E, até Abril, com uma primavera bem sorridente! :)

    ResponderEliminar
  4. Olá Magda, para quem mora no interior estar ligado é uma forma de saber o que se passa no mundo. Ainda não aprendi a desligar-me ou será que não quero, tenho tantas dúvidas na cabeça.
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Desde que li algumas coisas que a Magda publicou e mesmo sem ter bem a noção do que era o "desliga-te" comecei por tomar algumas decisões em casa e no trabalho.
    1ª Só se liga um pouco a tv às quartas e aos fins de semana, nos outros dias a dita televisão fica desligadinha e fica tão bem, foi fácil para nós uma vez que a única coisa que vemos é os desenhos animados na tv2.
    2ª Pelo menos um dia por semana nada de net.
    3ª Internet depois de chegar a casa só mesmo em casos urgentes e relativos a respostas de trabalho.

    Assim permitimos ESCUTAR os nossos filhos, as nossas conversas entre casal, o balanço tem sido muito positivo.

    ResponderEliminar
  6. Mais aqui: http://mulhermaedonadecasa.blogspot.pt/2014/03/marco-desliga-te.html

    ResponderEliminar